Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Peregrina neste mundo

Sou peregrina na terra; não escondas de mim os teus mandamentos. Salmos 119:19

Peregrina neste mundo

Sou peregrina na terra; não escondas de mim os teus mandamentos. Salmos 119:19

Relacionamento Amoroso

A idealização proposta pela nossa cultura ao amor romântico tem descaracterizado o objectivo do relacionamento conjugal, ensinando-nos:

_ Que a relação matrimonial com um homem deve ser um “mar de rosas” onde só teremos alegria e prazer;

_ Que o homem perfeito para nos relacionarmos é aquele que faz todas as nossas vontades, cede a todos os nossos caprichos e nos trata como deusas.

A ideia predominante é a de que o objectivo do casamento é fazer-nos felizes e, então, casamos com a expectativa de que o nosso cônjuge nos dê a felicidade. Com a mente moldada segundo os conceitos deste mundo, colocamos essa tremenda responsabilidade em cima de um pecador, cheio de defeitos e sem nenhuma capacidade para cumprir tal tarefa.

Essa é mais uma grande mentira que nos cerca e na qual acreditamos piamente.Há mulheres que se sentem extremamente infelizes porque ainda não casaram, vivem amarguradas e desperdiçam os dias de solteira a reclamar e a cultivar sentimentos de inveja e de frustração nos seus corações. Isso só acontece porque elas realmente acreditam que só o casamento as poderá fazer felizes.

Mas, a verdade é que depois da Queda, na vida “debaixo do sol”, Deus tem chamado pecadores regenerados para viverem a aliança do casamento caminhando juntos rumo à perfeição, crescendo na semelhança de Cristo, em meio aos defeitos e falhas do companheiro, exercitando o perdão, a paciência, a bondade e é claro o amor.

Então, se realmente desejas unir-te a um homem pelo pacto do matrimónio, faz isso pelos motivos certos, pois se não és feliz agora enquanto és solteira, também não o serás quando casares porque a nossa felicidade é Deus, mas o nosso coração enganoso, o diabo e o mundo empenham-se em fazer-nos acreditar que seremos felizes em termos qualquer coisa menos Deus. Tem cuidado, vigia para que nos teus relacionamentos Deus seja tudo em todos, o que passar disso é idolatra.

Embora essas não sejam as únicas mentiras que nos rodeiam (esta e a do Post anterior), parecem ser as que têm tido um efeito de maior proporção, mobilizando as mulheres a buscarem com afinco essas coisas que só terão valor se forem feitas debaixo do sorriso de Deus que se agrada na beleza e no casamento, mas quando são feitos para a Sua glória.

Lembra-te de nada nesta vida é sobre ti, mas sobre Deus, até a tua beleza e o teu casamento.

 

boldini-giovanni-ferrarese-1842-mulher-no-jardim-a