Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Peregrina neste mundo

Sou peregrina na terra; não escondas de mim os teus mandamentos. Salmos 119:19

Peregrina neste mundo

Sou peregrina na terra; não escondas de mim os teus mandamentos. Salmos 119:19

"Amor moderno" "Amor romântico"

 
No Post que obteve o DESTAQUE do Sapo, uma comentadora deixou este comentário, usando na primeira frase algo que eu lhe havia dito na resposta a um comentário dela:
 
«"Amor é algo muito maior do que apenas satisfazer os desejos da carne."
 
A senhora sabe perfeitamente que, com as devidas exceções, a expressão da sexualidade e o amor romântico são indissociáveis. Com a homossexualidade não é diferente. Esta não se limita a um plano carnal, também inclui um plano sentimental. Mais do que outra coisa, isso é que eu não acredito que seja pecado. Mas não estou interessada em prolongar esta conversa. É perda de tempo.»
 
 
- Mas, será que é realmente assim?
- Será que o AMOR é isto?
 
O "amor romântico" tem sido a maior causa de depressões, destruição da família e do significado da palavra amor.
O "Amor" romântico, é o "amor" dos filmes de Hollywood , dos romances e das novelas, é o "amor" dos sentidos e do físico, é o "amor" da satisfação do ego e da promessa de que o "amor" é bom enquanto dura, mas que quando acaba, "bola prá frente que atrás vem gente".
 
Esse tipo de "amor moderno" ou "romântico" é totalmente contrário ao amor de Deus e ao verdadeiro amor que provém d'Ele, logo, é pecado porque busca sempre a satisfação do eu [egoísmo] e não a da pessoa que é o alvo desse "amor" _ o nosso próximo.
 
Infelizmente, vivemos numa cultura em que tudo é descartável e as pessoas não são excepção. Mulheres são mortas, mães matam os próprios filhos como retaliação porque os maridos as deixaram, e inúmeros lares são desfeitos por causa desse "amor" que sacrifica tudo e todos, menos a vontade própria e a satisfação da carne e do eu.
 
A atracção por pessoas do mesmo sexo é algo a que qualquer pessoa está sujeita porque todos nós nascemos pecadores e somos tentados das mais variadas formas ao longo da nossa vida, mas a prática _ o acto sexual com pessoas do mesmo sexo - é pecado. (Bem como o sexo fora do casamento, o adultério e a pornografia). E, o pecado, apresenta-se sempre como o príncipe encantado sem o qual não podemos viver e ser felizes, mas, na verdade, ele traz infelicidade, é enganador e mortal.
 
Entendo que a Sofia não queira prolongar esta conversa...A verdade incomóda. Mas  jamais poderá dizer que nunca ninguém a tinha alertado... E, um dia, tal como todos nós, estará perante Deus sem desculpas.
 
Amor, Sofia, o amor puro e verdadeiro, o amor que Deus aprova porque provém d'Ele, está descrito nestas palavras maravilhosas do apóstolo Paulo:
 
 
"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor." (1 Coríntios 13:1-13)
 
 
Tenha um bom dia Sofia, Deus a abençoe!