Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Peregrina neste mundo

Sou peregrina na terra; não escondas de mim os teus mandamentos. Salmos 119:19

Peregrina neste mundo

Sou peregrina na terra; não escondas de mim os teus mandamentos. Salmos 119:19

A agenda explícita das telenovelas

Vêm aí tempos tenebrosos!

E não adianta "amarrar", nem "repreender" porque a Palavra de Deus vai-se cumprir. "Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que vos foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo; os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências." (Judas 1:17-19)

 

Infelizmente, temos uma sociedade que se alimenta diariamente, desde o amanhecer até ao dia seguinte, da televisão. É a televisão que educa, instrui e doutrina aqueles que se prostram à sua frente. E, é a televisão que se prepara para tornar a homossexualidade no epicentro de tudo o que é importante nesta vida. Actualmente, na RTP1, a seguir ao Telejornal das 13:00, passa a novela "Os Nossos Dias" que promove acintosamente a homossexualidade como algo natural e do qual não há escapatória. É mentira! Não é natural (ninguém nasce Gay), e é possível escapar. Segundo tenho lido por aqui, no Brasil, está para começar (ou já começou) uma telenovela com um número elevado de homossexuais e o objectivo é só um: tornar normal algo que nunca o será. A Palavra de Deus diz-nos que a homossexualidade é fruto da rebelião contra Deus:

 

"Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundície, para desonrarem seus corpos entre si;
Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;" (Romanos 1:21-28)

 

A televisão está a cumprir uma agenda que visa destruir a família no seu todo. O escritor Samuel R. Pinheiro escreveu sobre isso:

"A agenda explícita das telenovelas

Não é novidade, mas o atrevimento e a agenda devidamente pensada e calculada revela-se em cada episódio.

Da agenda, hoje em dia, fazem explicitamente parte o "casamento" homossexual, a adopção de crianças por homossexuais e, pasme-se, o incentivo ao divórcio de casais de idosos que, segundo os mentores que elaboram os guiões, acabam por finalmente descobrir o amor, seguir o impulso do seu coração, perceber que os anos que viveram juntos foram desgastantes e já não fazia sentido algum continuar a pugnar pela relação, que, em nome da felicidade acaba por ser aceite pelos filhos também divorciados ou homossexuais. A argumentação é elaborada de forma refinada, subtil, convincente, populista.

Primeiro foram os adolescentes e os jovens, agora pretende-se destruir o que restava de algum suporte, sustentabilidade e fundamento nas famílias _ os avós!

Como escreve Zavi Zacharias num dos seus últimos livros traduzidos para português  " O Mundo do entretenimento tornou-se o mais poderoso meio de propaganda, e o público não tem conhecimento do quanto está a ser influenciado e manipulado." (Quem é Jesus?, CPAD, p. 21); "É assim, o anormal é agora normal no mundo do entretenimento, porque o normal é tratado como subnormal no mundo dos média. Isto, posso assegurar, é feito conscientemente" (Idem, p. 24); "Ou seja, estamos a ser entretidos e doutrinados ao mesmo tempo." (Idem, pp. 24,25).

Pais, educadores, mentores, líderes, cada um de nós, ponhamos filtros da Palavra de Deus para olharmos para o mundo à nossa volta e assim nos defendermos dos ataques subtis que vão sendo desferidos. Não tenhamos dúvidas de que a televisão e os restantes meios de comunicação social estão a ser usados de forma intencional para destruir os fundamentos morais da nossa sociedade, destruir a família, anestesiar crianças, adolescentes, jovens, adultos, filhos, pais e avós em relação à influência mortal do pecado.

O Evangelho não é um código ético, mas sim um relacionamento pessoal com Deus que, em Jesus, nos transforma por dentro para vivermos de acordo com a natureza divina que Ele nos deu a conhecer.

 

 

Samuel R. Pinheiro

Revista Novas de Alegria, pág. 11 

Agosto 2014